Atividade Física na Gravidez e após o Parto

Atualmente, defende-se a prática da atividade física durante a gravidez, devido aos benefícios que traz tanto para a mulher como para o bebé. A atividade física no lazer está associada a maior bem-estar psicológico sobretudo nos primeiros 2 trimestres de gravidez.
Após o nascimento, a maior parte das mulheres apresenta níveis de atividade física inferiores ao recomendado. A falta de exercício físico antes, durante ou após a gravidez está associada a pior funcionamento físico, menos vitalidade e a sintomatologia depressiva.
A gravidez é reconhecida como um momento único para alterar comportamentos, melhor o corpo e adquirir hábitos de saúde saudáveis. Os hábitos adotados durante a gravidez podem afetar a saúde da mulher para o resto da vida.

Alterações durante a gravidez:

  • Aumento de peso;
  • Alterações hormonais.

Estas alterações provocam alterações Músculo-esqueléticas:

  • Esmagamento das arcadas plantares;
  • Hiperlordose e anteversão da bacia;
  • Hipercifose dorsal.

Estas alterações provocam alterações da Postura e do Esquema Corporal.

Como podemos ajudar?

Com recurso a uma avaliação cuidada e um plano personalizado os nossos profissionais implementarão um programa de atividade física adequado às suas necessidades

  • Avaliação: Avaliar a saúde da grávida antes da sua participação em qualquer prática de atividade física.
  • Monitorização: Durante o exercício aeróbio a gestante deve de estar monitorizada para não ultrapassar as zonas limite.
  • Prescrição do exercício

Benefícios:

  • Reduz edemas;
  • Melhora a circulação sanguínea;
  • Favorece o equilíbrio muscular;
  • Alivia nos desconfortos intestinais (incluindo a obstipação);
  • Previne a Incontinência Urinaria;
  • Diminui cãibras nas pernas;
  • Facilita na recuperação pós-parto;
  • Reduz o stress cardiovascular;
  • Previne algias nas regiões da coluna vertebral;
  • Melhora a imagem corporal;
  • Previne a diabetes gestacional
  • Melhor sensibilidade à insulina;
  • Melhor o controlo da gordura corporal;
  • Melhores Interações Psicossociais;
  • Facilitação do trabalho de parto.

A saúde materna é fundamental, não só para a própria, mas também para melhorar a saúde das crianças que serão os adultos de amanhã.

Marcações e informações:
253 137 687
info@cerebro.org.pt